Como mitigar a liderança tóxica

Para fechar a sequencia de posts sobre liderança tóxica, vamos a alguns dizeres para estimular que mudemos esse pensamento / forma de liderança.

Precisamos valorizar as pessoas e as diferenças de cada um. Pense que numa equipe produtiva temos indivíduos distintos, com comportamentos distintos e diferentes formas de pensar. Então a regra é o respeito.

O melhor caminho para mitigar uma liderança tóxica é estabelecer um vínculo de confiança com pares e liderados. 

Esteja disponível a ajudar quando for solicitado, garanta que todos compreendam a própria importância no time, dê feedbacks para manter a motivação e corrigir rumos e, sobretudo, estimule a transparência e a comunicação clara. 

Lembre-se que, independente da posição hierárquica, não há mal em discordamos uns dos outros. Diferentes pontos de vista e culturas são muito enriquecedores quando estamos dispostos a entendê-los. Mudanças, principalmente comportamentais, requerem um nível altíssimo de dedicação de todas as partes, até que o efeito esperado seja atingido e os frutos colhidos. 

Transforme o negativo no positivo, lidere pelo bom exemplo e colha os frutos. Quando um ganha, todos ganham. 

Boa liderança para você! 

Para ler os outros posts sobre Liderança tóxica, veja os links abaixo:

“Ninguém é insubstituível!” Será?

Já parou para pensar o que torna um funcionário indispensável? Eu sempre achei muito errado aquela frase "ninguém é insubstituível". ...

A importância do Gerenciamento de escopo na Gestão de Projetos

O propósito do gerenciamento da mudança do Escopo é proteger a viabilidade da Definição do Projeto ora aprovada, de modo ...

(Des)construindo crenças

O que são crenças? Todos nós somos programados para sermos o que somos, para pensarmos da forma que pensamos e ...

(Des)construindo crenças – parte 2

Continuando o post anterior, vamos voltar ao assunto: Crenças limitantes. Imagine que ao estar em um ambiente tóxico, onde os ...